Arquivo do blog

quinta-feira, 2 de abril de 2015

Tradição antiga a Paixão de Cristo continua a emocionar no Recife.

Apresentações seguem até domingo, sempre às 20h. A entrada é gratuita


Mais de 400 atores compõem o elenco da Paixão do Recife / Foto: Edmar Melo/ JC Imagem

Mais de 400 atores compõem o elenco da Paixão do Recife                                                                                                  Foto: Edmar Melo/ JC Imagem


Contada repetidas vezes há mais de dois mil anos, a história do sofrimento e morte da figura maior do cristianismo, Jesus Cristo, provou nesta quarta-feira (1º), na estreia da 19ª edição da Paixão de Cristo do Recife, que está longe de perder seu poder de emocionar àqueles que a ouvem. O público presente, que não chegou a lotar a Praça do Marco Zero, se beneficiou da tranquilidade da noite de lançamento e conseguiu assistir ao espetáculo com conforto e sem contratempos.

“Sempre assisto à Paixão pois credito que não podemos nos esquecer, sobretudo na Semana Santa, da história daquele que morreu para nos salvar”, comentou a professora Domira de Cássia, que foi com o namorado, o auxiliar de serviços gerais Marcos Pereira, assistir ao espetáculo.

A Paixão de Cristo esse ano conta além de José Pimentel, diretor da encenação e intérprete de Jesus, com figuras de peso do teatro pernambucano que participam da montagem, como Reinaldo de Oliveira (Herodes) e Renato Phaelante (Caifás), por exemplo. Novas apresentações serão realizadas até domingo, sempre às 20h. A entrada é gratuita.
 
 
 
 
POSTADO POR: Ranieri Botêlho
FONTE: Jornal do Comércio/PE