terça-feira, 17 de abril de 2012

Vasco acerta salários e paga parte de direitos de imagem a jogadores.



Mês de março vence nesta sexta-feira e diretoria promete empenho para minimizar novo atraso no pagamento aos atletas




Às vésperas do clássico contra o Flamengo, o Vasco conseguiu, ao menos momentaneamente, ficar em dia em relação aos salários dos jogadores. Na última sexta-feira a diretoria quitou o pagamento relativo a fevereiro. Além disso, diminuiu parte da dívida dos atletas que têm direitos de imagem.
O pagamento também se estendeu a Juninho Pernambucano, que recebe R$ 50 mil por partida. Desde janeiro, quando passou a vigorar seu novo contrato, o capitão disputou 15 jogos oficiais e marcou seis gols. Na última semana, o meia desabafou mostrando descontentamento com o atraso e com o vazamento de informações sobre seu vínculo com o Vasco.
Nesta sexta-feira vencem os salários relativos ao mês de março. A diretoria sabe que, principalmente por conta da diminuição da falta de patrocinadores, terá dificuldades em saldar a dívida, mas conta com a compreensão dos atletas e promete empenho para resolver a situação.
- Continuamos trabalhando para pagar os salários o mais rapidamente possível - afirmou o diretor de futebol vascaíno Daniel Freitas.