domingo, 22 de abril de 2012

Roberto Dinamite: ‘Só esperamos uma arbitragem justa’.

Presidente cruz-maltino evita entrar em mais polêmica às vésperas da semifinal contra o Flamengo, neste domingo, no Engenhão


O último encontro entre Vasco e Flamengo teve muitas repercussões. Não tanto pela vitória rubro-negra, por 2 a 1, mas pela confusão que se seguiu após o apito final da partida. Jogadores do Vasco correram em direção ao árbitro reclamando, após o pênalti marcado para o rival nos minutos finais, de um não marcado em Thiago Feltri anteriormente. O caso acabou no tribunal, onde quatro jogadores foram punidos (Eduardo Costa, Rodolfo, Fagner e Fellipe Bastos), e o presidente Roberto Dinamite sofreu uma advertência.
O Vasco conseguiu um efeito suspensivo, e o quarteto estará em campo no jogo deste domingo, pela semifinal da Taça Rio. Mas a polêmica da última partida ainda atormenta as cabeças dos jogadores e dirigentes. Por isso, o mandatário cruz-maltino fez um pedido ao árbitro Marcelo de Lima Henrique, que comanda o jogo decisivo: espera que ele seja imparcial.
- Nós só esperamos uma arbitragem justa. Não pedimos mais do que isso. Não queremos ser beneficiados, mas é muito ruim ser prejudicado. Árbitro bom é aquele que não interfere no resultado, que não aparece em campo. E é isso que temos pedido – disse.
Vasco e Flamengo se enfrentam no Engenhão, neste domingo, a partir das 16h (horário de Brasília). A Rede Globo transmite a partida ao vivo.






POSTADO POR: RANIERI/G1