terça-feira, 17 de abril de 2012

Governo entrega ambulâncias e investe 8,5 milhões na saúde.


O Governo do Estado investiu R$ 8,5 milhões na aquisição e ampliação de equipamentos e nos serviços da saúde. Nesta quarta-feira (18), às 10h, no Palácio da Redenção, o governador Ricardo Coutinho entrega 20 ambulâncias – dez do tipo suporte básico e dez de suporte avançado – para vários municípios.
Para a compra desses veículos foram investidos recursos da ordem de R$ 4.367.567,00. “As unidades de suporte avançado são dotadas de equipamentos e aparelhos de última geração para o transporte de pacientes em risco de morte. Já as unidades básicas vão atender aos casos mais simples, ou seja, para os primeiros socorros”, explicou Wilker Camboim, chefe do Setor de Transporte da Secretaria de Estado da Saúde.
Os municípios que serão beneficiados com esses veículos são Cajazeiras, Pombal, Solânea, João Pessoa (Hospital de Trauma, Edson Ramalho e Maternidade Frei Damião), Patos (Hospital Infantil), Santa Luzia, Serraria, Aguiar, Guarabira, Santa Rita (UPA), Taperoá, Monteiro, Piancó, Princesa Isabel, Catolé do Rocha e Itaporanga.
Segundo o secretário de Estado da Saúde, Waldson Dias de Souza, quando o Governo assumiu a gestão, o próprio estado de conservação das ambulâncias oferecia riscos à segurança dos pacientes “Essas novas ambulâncias substituirão os veículos antigos e irão compor uma rede de transporte sanitária segura e com profissionais qualificados para tal. Com mais esta ação, o Governo do Estado mostra o quanto prioriza o setor de saúde, e vem trabalhando para reorganizar a rede para oferecer um serviço com qualidade e eficiência”, O secretário reforçou que 20 hospitais estaduais, dos 31 existentes, serão beneficiados, o que equivale a 64,5% de toda a rede estadual.
Informática – Além das ambulâncias serão entregues equipamentos de informática e mobiliário destinados a equipar as Centrais de Regulação Municipal e as Unidades de Saúde que integram o Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES).  O material faz parte do Projeto do Complexo Regulador e Informatização das Unidades de Saúde no âmbito do SUS.
O projeto tem como principal objetivo aperfeiçoar e melhorar o sistema de agendamento de consultas e exames especializados. O investimento com o projeto é da ordem de R$ 7,1 milhões, dividido em três etapas, sendo liberados na proporção de 30%, 40% e 30%, respectivamente. Nesta primeira etapa serão investidos R$ 2.840 milhões. Esse recurso será estritamente destinado à operacionalização do Complexo Regulador, estrutura composta pelas Centrais de Regulação Municipal e Unidades de Saúde. Na primeira etapa foram contemplados 24 municípios.
Cada unidade contemplada receberá um kit composto por computador, impressora, mesa, cadeira e nobreak. Com esse kit, o operador irá utilizar o Sistema de Regulação (Sisreg) e agendar de forma online a consulta ou exame, fazendo com que o usuário saia da Unidade de saúde com local e data determinada para realização do procedimento.
Essa mudança possibilitará que os municípios visualizem cotas de exames e consultas especializadas online e com maior rapidez para o usuário. A expectativa da SES é que até dezembro de 2012 toda a implantação seja concluída. Esse mesmo sistema garantirá a regulação de leitos hospitalares na rede estadual.
A SES está trabalhando também para que todo o transporte de pacientes entre hospitais estaduais seja regulado pelo mesmo sistema, promovendo assim a qualidade e garantia de leito para o usuário.






POSTADO POR RANIERI/GOVERNO DO ESTADO.