segunda-feira, 30 de março de 2015

Ricardo recebeu representantes dos professores e servidores da educação.(Ricardo received representatives of teachers and education servers.)

GOVERNADOR GARANTIU ESTUDAR ANTECIPAÇÃO DA 2ª PARCELA DO AUMENTO!
(GOVERNOR GUARANTEED STUDY OF ANTICIPATION 2nd SHARE OF INCREASE!)

O governador Ricardo Coutinho e os diretores do Sindicato dos Trabalhadores da Educação da Paraíba (Sintep) e da Associação dos Professores em Licenciatura Plena (APLP) se reuniram, na manhã desta segunda-feira (30), e dialogaram sobre as reivindicações dos professores e servidores da educação.

Durante o encontro, o governador Ricardo Coutinho garantiu estudar a antecipação da segunda parcela do reajuste concedido no início deste ano, prevista para ser paga no mês de outubro. Ele observou, no entanto, que isto dependerá de como se comportará o quadro financeiro do Estado até o 2º semestre do ano.  Apesar da situação econômica pela qual passa o país, o Governo do Estado concedeu um reajuste de 9% no vencimento dos professores e funcionários, sendo 4,5% pagos em janeiro e 4,5% no mês de outubro. Também foi concedido um reajuste de 13,01% para a adequação ao piso nacional da categoria referente à carga horária de 30 horas semanais. Ainda na reunião, o governador deu sinal verde para a formação de uma comissão para revisar o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração do magistério (PCCR).

Ricardo Coutinho apresentou aos representantes dos professores e servidores da educação documentos que demonstram a situação fiscal e econômica do Estado e o quadro de estagnação econômica do país que refletem nos Estados com as quedas de receita. “Sabemos da importância dos professores e os últimos reajustes superaram a inflação, a exemplo do ano passado em que o reajuste foi de 13% porque a economia do Brasil e da Paraíba possibilitou. Este ano, em meio às dificuldades, chegamos a 9%, que foi o índice máximo para continuarmos honrando os nossos compromissos”, ressaltou.

O presidente do Sintep, Carlos Belarmino, considerou a reunião importante pela garantia do governador em analisar a proposta de antecipação da 2ª parcela do reajuste do outubro, caso a receita do Estado melhore e pela formação de uma comissão com membros da APLP, do Sintep e do Governo do Estado para discutir mudanças no Plano de Cargos, Carreira e Remuneração.  “Vamos levar essas propostas e o relato do quadro econômico para a categoria decidir os próximos passos na Assembleia Geral nesta terça-feira”, afirmou.

Além do governador e do secretário de Planejamento e Finanças, Tarcio Pessoa, participaram do encontro, na sede do jornal A União, os diretores da APLP, Francisco Fernandes, Bartolomeu Pontes, Lúcio Barbosa e Fernando Lira; e do Sintep,  Carlos Belarmino, Antônio Arruda e Edvaldo Faustino.

(The governor Ricardo Coutinho and the directors of the Union of Education Workers of Paraíba (Sintep) and the Association of Teachers in Full Degree (APLP) met on the morning of Monday (30), and dialogued about the claims of teachers and education servers.

During the meeting, Governor Ricardo Coutinho guaranteed study the anticipation of the second portion of the increase granted earlier this year, expected to be paid in October. He noted, however, that it depends on how you behave the financial framework of the rule until the 2nd half of the year. Despite the economic situation in which passes the country, the State Government granted a 9% adjustment in the salaries of teachers and staff, being paid 4.5% in January and 4.5% in October. It was also granted a 13.01% adjustment to fit the national wage 'on the workload of 30 hours per week. Also at the meeting, the governor gave the green light for the formation of a committee to review the Career Plan, Career and teaching Compensation (PCCR).

Ricardo Coutinho presented to the representatives of teachers and education officials documents that demonstrate the fiscal and economic situation of the State and the economic stagnation of the country reflecting in the states with the revenue declines. "We know the importance of teachers and readjustments exceeded inflation, as last year in which the adjustment was 13% because Brazil and Paraíba economy possible. This year, in the midst of difficulties, we arrived at 9%, which was the maximum rate to continue honoring our commitments, "he said.

The President of the Sintep, Carlos Bellarmine, considered the meeting important for ensuring the governor to examine the proposal in advance of the 2nd installment of the readjustment of October, if state revenues improve and the formation of a committee with members APLP, and the Sintep the State Government to discuss changes in the Career Plan, Career and Compensation. "We will take these proposals and the report of the economic framework for the category to decide the next steps in the General Assembly on Tuesday," he said.

In addition to the Governor and the Secretary of Planning and Finance, Tarcio Person, attended the meeting in the journal The Union headquarters, the directors of APLP, Francisco Fernandes, Bartholomew Bridges, Lucius Barbosa and Fernando Lira; and Sintep, Carlos Belarmino, Antonio Arruda and Pippa Faustino.)




POSTADO POR: RANIERI BOTELHO
FONTE: GOVERNO DO ESTADO
(POSTED BY: RANIERI BOTELHO
SOURCE: STATE GOVERNMENT)